Você sabia que hoje, dia 3/03, é comemorado o dia mundial da audição? Esta data foi designada em 2007, na 1ª Conferência Internacional sobre Prevenção e Reabilitação da Perda Auditiva, em Pequim, na China e tem como objetivo aumentar a consciência e promover a saúde auditiva em todo o mundo.

                                            MAS PORQUE SE PREOCUPAR COM A AUDIÇÃO?!
A audição é um sentido muito importante para o ser humano em todas as idades, pois além de servir como sinal de alerta e proteção contra os perigos, permite a aquisição e desenvolvimento da fala e linguagem, além de influenciar nos aspectos cognitivos, sócio-emocionais e de aprendizagem dos indivíduos. 

A perda auditiva pode ser passageira ou definitiva apresentando diversas causas tais como: problemas genéticos, doenças adquiridas, uso de medicações ototóxicas, traumatismo craniano, secreções no ouvido, exposição a som ou ruído intenso e constante, produtos químicos, entre outros.

De acordo com dados da organização mundial da Saúde (OMS), 360 milhões de pessoas apresentam perda auditiva incapacitante. Na Europa, os indivíduos com perda auditiva significativa apresentam o dobro de probabilidade de estarem desempregados do que os indivíduos com audição normal. Nos EUA, indivíduos com perda de audição não tratadas ganham em torno de 50 a 70% a menos. Os gastos sanitários do Brasil e China, conjuntamente, com o impacto da perda auditiva chegam a 750 milhões de dólares, anualmente.

Para que esse cenário possa mudar, precisamos seguir algumas dicas para manter nossa saúde auditiva:

  • Ouça música num volume baixo ou/regular;
  • Evite o uso de fones de inserção para ouvir músicas;
  • Usar Equipamento de Proteção individual (EPI) em locais de trabalho onde o ruído exceder os limites permitidos;
  • Evite o uso de cotonetes ou outros objetos para limpar ou coçar o ouvido;
  • Use protetor auditivo, feito individualmente por fonoaudiólogo ou médico, se praticar esportes aquáticos;
  • Procurar um médico otorrinolaringologista sempre que apresentar queixa de dor, dificuldade para ouvir e zumbido;
  • Realizar audiometria, anualmente, com fonoaudiólogo ou médico para acompanhar sua audição.

Para saber mais sobre a campanha da OMS acesso o link: http://www.who.int/pbd/deafness/world-hearing-day/2017/en/

 

Deixe um Comentário