Vivemos numa sociedade em que o trabalho ocupa um lugar central na vida dos indivíduos. Basta pensar em como organizamos o nosso dia-a-dia: Onde vamos morar? Onde os filhos estudarão? O que comer? Como se deslocar pela cidade de forma a fugir do trânsito? Enfim, são tantas questões para se pensar e decidir, na maioria das vezes orientadas pelo nosso trabalho, mas nem sempre são as mais saudáveis, ideais ou as que realmente queremos para nossa vida.

O trabalho possui diferentes significados para diversas organizações sociais e até mesmo entre cada indivíduo. De forma geral, ele pode ser considerado como “um processo (individual ou coletivo) de transformação não apenas da natureza, mas também do homem, possuindo um fim, ou é uma atividade finalística, e requer níveis de organização.”

A lei 8080/90, que regulamenta o SUS em seu artigo 3º diz que “… a saúde tem como fatores determinantes e condicionantes, entre outros, a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, O TRABALHO, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais; os níveis de saúde da população expressam a organização social e econômica do País.”

Para se entender melhor como o trabalho influencia diretamente a nossa saúde precisamos entender sobre Processo de Trabalho, que é a soma da força de trabalho (energia física ou psíquica do trabalhador, empregada no processo de trabalho) e os meios de produção (objetos e meios necessários para efetivação do processo de trabalho) resultando num produto final.

PROCESSO DE TRABALHO: FORÇA DE TRABALHO + MEIO DE PRODUÇÃO = PRODUTO

Quando entendemos que a força de trabalho aplicada, para executar uma ação, pode estar aquém ou além de nossas capacidades e os meios de produção, que utilizamos para trabalhar, podem não ser os ideais e mais adequados para nossa saúde, começamos a entender que o processo de trabalho pode surgir como explicação central para o conhecimento e a transformação do processo saúde-doença em sua relação com o trabalho.

Quantas vezes você já saiu do seu trabalho desmotivado ou estressado, sem se alimentar direito, com dores de cabeça, pelo corpo, com dificuldade de ouvir, de se concentrar, etc?

A boa notícia é que processos e ambientes de trabalhos saudáveis são possíveis de serem alcançados, basta termos conhecimento das soluções adequadas e buscar auxilio com um profissional capacitado.

Estamos no início do nosso relacionamento e espero que você acompanhe cada conteúdo, produzido com zelo e qualidade, para que possamos mudar o ambiente que nos cerca para melhor e assim contribuirmos para uma sociedade mais ética e justa para todos. Todo comentário, dúvidas e sugestões são muito bem vindas. Forte abraço e até o próximo conteúdo!

Deixe um Comentário